Do leitor

Como viver o sonho dos outros pode te roubar grandes conquistas

Uma certa vez, uma família dos Estados Unidos sonhava que o seu filho fizesse faculdade, para que assim um dia ele se tornasse “alguém” na vida, porém está família era muito pobre e não haveria condições alguma de realizar este sonho por conta própria. Então eles tomaram uma decisão, doar o seu filho para que ele fizesse uma boa faculdade e tivesse um futuro melhor.

Este menino cresceu, e foi estudar em uma das maiores universidades do Estados Unidos, Stanford. Ele sabia por que foi doado, sabia que o grande sonho de seus pais biológicos era lhe ver graduado em um ensino superior, porém resistiu pouco mais de um ano nesta vida e largou a faculdade.

Se formar não era o seu real sonho, muito menos o seu objetivo de vida, ele tinha uma visão futuro e foi com base nela que ele criou uma parceria com um amigo e assim começou a desenvolver em uma garagem o que seria o seu grande projeto de vida.

Este cara é Steven Paul Jobs, o dono da empresa da maçã mordida. Esta empresa se tornou a empresa mais valiosa do mundo, chegando a custar quase 750 bilhões de dólares, ou para te impressionar mais ainda e te deixar perdido nos valores, isso equivale a aproximadamente 3 trilhões de reais. E sabe o que aprendemos com isso? Por mais que a grande maioria pense sobre o que seria o melhor para você, ninguém está na linha de tiro da sua vida. A mira é sua, acertar o alvo depende mais do que tudo da sua ação.

Jovens engessados, esta é a nossa grande realidade. Jovens os quais vivem para realizar sonhos de familiares ou seguir padrões sociais. Não estou professando a libertinagem ou a liberdade sem compromisso, foco ou moralidade, mas sim a realização de projetos que um dia foram sonhados, por madrugadas planejados e jamais antes realizados.

E mais uma vez venho usar esta minha frase: “Seja protagonista dos seus sonhos”, pois ninguém te pagará uma conquista perdida por não seguir a sua intuição. Deus nos guia, nos orienta, nos esclarece, mas até o Grande Mestre Criador respeita o seu poder de escolha.

Pô, deixa um comentário aqui...